Morre menino de oito anos baleado na cabeça em meio a arrastão na Baixada Fluminense

  • Por Jovem Pan
  • 05/09/2017 08h53 - Atualizado em 05/09/2017 11h34
Reprodução/Facebook A mãe de Renan estava inconsolável na porta do hospital desde o dia da tragédia: “meu filho saiu para passear e não para receber uma bala na cabeça”

Mais uma vítima fatal de bala perdida no Rio de Janeiro. Teve morte cerebral, nesta segunda-feira (04), o menino Renan dos Santos, de 8 anos. Ele lutava pela vida em um hospital da Baixada Fluminense, onde foi atingido, no final de semana, ao lado do pai.

Ambos tinham acabado de sair de casa de carro quando se depararam com um arrastão em Duque de Caxias. Assustado, o pai arrancou com o veículo, mas um tiro atingiu o carro e acertou a cabeça de Renan, que foi hospitalizado em estado gravíssimo e antes da morte cerebral teve nove paradas cardíacas.

A mãe de Renan estava inconsolável na porta do hospital desde o dia da tragédia: “meu filho saiu para passear e não para receber uma bala na cabeça”.

O corpo de Renan será sepultado nesta terça-feira (05) na Baixada Fluminense.

*Informações do repórter Rodrigo Viga