Mortes em acidentes em rodovias federais de São Paulo caem 19% em 2018

  • Por Jovem Pan
  • 10/01/2019 06h46 - Atualizado em 10/01/2019 10h08
Divulgação/PRFOs registros apontam queda de 25% em casos de acidentes no ano passado em comparação com 2017

Menos mortes e mais crimes nas rodovias federais que cortam o Estado de São Paulo em 2018. Esse é o resultado apresentado nesta quarta-feira (09) no balanço da Polícia Rodoviária Federal.

Os registros apontam queda de 25% em casos de acidentes no ano passado em comparação com 2017. O número de mortes também foi menor: 49 óbitos a menos, representando queda de 19%.

Segundo a PRF e o Ipea, essa queda representa redução de custo social com as vítimas de mais de R$ 26 milhões. Ainda assim, a fiscalização a infrações de trânsito neste período mostra alto número de condutores propensos a levar perigo às estradas.

O número de multas por embriaguez aumentou 38%, saltando de 1.397 casos em 2017 para 1.930 no ano passado. E a intensificação da fiscalização dos agentes também resulta em números maiores sobre outros crimes, como explicou Ricardo de Paula, porta-voz da PRF em São Paulo.

As apreensões de maconha e cocaína foram maiores em 2018. Foram apreendidas 23,5 toneladas de maconha, contra pouco mais de 8 oito em 2017, ou seja, aumento de 187%.

Para cocaína, foram 594 quilos detidos em 2018, contra 342 em 2017, aumento de 74%.

Também houve incremento de 39% nas apreensões de crack em 2018 e de 75% nas apreensões de cigarros, totalizando mais de 6 milhões de maços.

*Informações do repórter Fernando Martins