Mortes no trânsito de São Paulo diminuem em 2019

  • Por Jovem Pan
  • 21/01/2020 06h21
Arquivo/Agência BrasilNos últimos 12 meses foram registrados 143 mil acidentes com vítimas fatais e não fatais

O Estado de São Paulo registrou queda nas fatalidades de trânsito em 2019 de acordo com o balanço anual do Infosiga SP. A redução foi de 0,6% nas mortes causadas por acidentes — de janeiro a dezembro do ano passado foram apontadas 5,4 mil fatalidades em ruas e rodovias.

O número de vítimas pedestres recuou, porém os motociclistas seguem liderando os índices negativos.

Das mortes, é o menor índice desde o início da série histórica em 2015. Nos últimos 12 meses foram registrados 143 mil acidentes com vítimas fatais e não fatais.

Para o consultor em engenharia urbana, Luiz Célio Bottura os número permanecem alarmantes e é preciso manter esforços para combater a violência no trânsito.

“Pouca Pouca fiscalização, rigor na fiscalização e, em especial, o comportamento do motorista que ainda está muito a desejar. Temos que lutar para que melhores sejam os exames de habilitação para que melhores sejam os motoristas.”

Houve redução de 0,5% nos óbitos em vias municipais. Já nas rodovias, foi notado aumento de 2,5% nas ocorrências.

Das 16 regiões administradas, a de Registro apresentou a maior queda nas fatalidades — com baixa de 23%. A região de Barretos, no entanto, teve a elevação mais acentuada — indicando 26,2%.

A cada 10 mortes, 4 envolveram pessoas com mais de 60 anos de idade.

*Com informações do repórter Daniel Lian