Motorista de caminhão que atropelou 10 pessoas no RJ estava com CNH suspensa

  • Por Jovem Pan
  • 09/08/2018 08h17
Márcio Mercante/Estadão ConteúdoMárcio Mercante/Estadão Conteúdo

O motorista de um caminhão-reboque que atropelou pelo menos 10 pessoas e bateu em outros dez veículos ao entrar na contramão de uma rua do bairro da Penha, na zona Norte do Rio de Janeiro, na terça-feira estava com a CNH suspensa.

Após o acidente, Carlos Henrique Dantas Sarmento, de 40 anos, acabou morrendo. Quem revelou a informação sobre a habilitação suspensa foi a viúva do próprio condutor. Ela disse que a família passava por necessidades financeiras, e por isso o motorista decidiu fazer o serviço no caminhão.

A Polícia investiga as circunstâncias da morte do motorista. Segundo testemunhas, ele, após o acidente, acabou sendo linchado por populares e agredido por PMs que participaram da ocorrência.

O condutor foi colocado de forma abrupta na caçamba de um veículo da Polícia Militar do RJ, mas morreu a caminho do hospital. Foi encontrado um pino de cocaína dentro da cabine do caminhão, mas a viúva acredita que o motivo tenha sido cansaço do motorista.

*Informações do repórter Rodrigo Viga