Motoristas encontram rodovias interditadas por ação de criminosos na Grande SP

  • Por Jovem Pan
  • 23/01/2018 06h06 - Atualizado em 23/01/2018 08h14
Reprodução/TV DiárioSegundo a Polícia, o alvo dos criminosos seria um veículo da transportadora de valores Protege que teria saído da cidade de Arujá. A intenção seria interceptar o carro-forte na Rodovia Pedro Eroles, a SP-88, mais conhecida como Mogi-Dutra

Bandidos interditam rodovias com veículos em chamas durante tentativa de assalto a carro-forte na Grande São Paulo. A mais recente ação ousada de uma quadrilha no ataque a blindado ocorreu pouco depois das 19h desta segunda-feira (22).

Segundo a Polícia, o alvo dos criminosos seria um veículo da transportadora de valores Protege que teria saído da cidade de Arujá. A intenção seria interceptar o carro-forte na Rodovia Pedro Eroles, a SP-88, mais conhecida como Mogi-Dutra.

Para concretizar o ataque, o bando bloqueou a pista sentido Interior da Rodovia Ayrton Senna na altura do quilômetro 43, pouco antes do acesso para a Rodovia Mogi-Dutra, para dificultar a chegada da Polícia.

Quatro veículos foram incendiados no local: uma van, um GM Celta, um Fiat Uno e um modelo Peugeot. O mesmo ocorreu na altura do quilômetro 42 da pista sentido Arujá da Mogi-Dutra, onde dois caminhões-baú, tipo VUC, foram queimados.

Mesmo assim, policiais do TOR, Tático Ostensivo Rodoviário, chegaram a tempo de trocar tiros com os assaltantes, que, a princípio, não conseguiram parar o blindado da Protege.

Os criminosos ocupavam vários veículos e dois deles foram abandonados nas pistas da própria Rodovia Mogi-Dutra, no quilômetro 42: um Ônix branco e um Land Rover preto.

Neste último, cujo vidro traseiro apresentava aberturas para permitir disparos, foram encontradas munições de fuzil.

Policiais Civis do GARRA e da Delegacia de Roubo Bancos, do Deic, também vieram em apoio. PMs do COE, Comando de Operações Especiais, fizeram incursões nas matas ao longo da rodovia, mas nenhum suspeito foi localizado.

Outro veículo foi abandonado pela quadrilha na alça de acesso da Mogi-Dutra para a Ayrton Senna no sentido Rio de Janeiro: uma picape Fiat Strada, vermelha, em cujo interior foram achados explosivos.

Uma equipe do GATE foi chamada para o recolhimento dos artefatos, e a rodovia teve de ser interditada por cerca de duas horas durante a operação.

Como não foram encontradas vítimas, a Polícia acredita que todos os veículos incendiados eram roubados e estavam em posse da quadrilha.

A ocorrência foi registrada na Delegacia de Roubo a Bancos, do Deic.

*Informações do repórter Paulo Édson Fiore