Mototaxistas protestam no RJ contra morte de colega por PMs

O ato queria chamar a atenção para a morte do mototaxista Joseleno Soares, de 27 anos

  • Por Jovem Pan
  • 07/05/2019 06h36 - Atualizado em 07/05/2019 06h36
José Lucena/Estadão Conteúdo A manifestação durou cerca de duas horas e teve ação da Polícia no momento

Um protesto de mototaxistas na Rocinha, em São Conrado, na zona sul do Rio de Janeiro, complicou o trânsito na região nesta segunda-feira (06).

O ato queria chamar a atenção da morte do mototaxista Joseleno Soares, de 27 anos. Ele levou um tiro disparado por policiais. A versão da PM, entretanto, disse que foi à Rocinha nesta segunda e que foi recebida a tiros e que o mototaxista foi atingido por bala perdida.

Outras duas pessoas ficaram feridas na operação da Polícia na Rocinha nesta segunda: um garupa do mototaxista e uma terceira pessoa que, segundo a PM, teria ligações com o tráfico de drogas.

A manifestação durou cerca de duas horas.

*Informações do repórter Rodrigo Viga