Mourão admite que, se forem confirmadas, denúncias contra ministro do Turismo são graves

  • Por Jovem Pan
  • 05/02/2019 06h22
Valter Campanato/Agência BrasilHamilton Mourão afirmou que se ficar comprovada a veracidade das denúncias contra o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, o caso é muito grave

No Palácio do Planalto, o vice-presidente, Hamilton Mourão, afirmou que se ficar comprovada a veracidade das denúncias contra o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, o caso é muito grave.

Segundo o jornal Folha de S. Paulo, o ministro, que foi presidente do PSL em Minas Gerais, teria montado um esquema de candidaturas laranjas para direcionar verba pública para empresas de assessores, parentes ou sócios do hoje ministro do Turismo.

O ministro da Justiça, Sérgio Moro, lembrou que o próprio presidente Jair Bolsonaro já avisou que é intolerante com relação a desvios.

O porta-voz da Presidência, Rego Barros, que acompanha o presidente em São Paulo disse que Jair Bolsonaro não conversou com o ministro do Turismo sobre as denúncias.

O ministro do Turismo nega as acusações. Pelo Twitter, ele afirmou que as denúncias são vazias, que os fatos foram deturpados. Segundo ele, a distribuição do fundo partidário do PSL cumpriu rigorosamente o que determina a lei e que todas as contratações da campanha foram aprovadas pela Justiça Eleitoral.

*Informações da repórter Luciana Verdolin