Mourão: Governo ‘atingiu objetivos’ com visita ao Vaticano

  • Por Jovem Pan
  • 16/10/2019 08h50 - Atualizado em 16/10/2019 11h55
Romério Cunha/VPRAlém de participar da cerimônia, o vice-presidente se reuniu com empresários italianos e com representantes do governo da Itália para tratar de investimentos

O vice-presidente Hamilton Mourão afirmou que os objetivos que o governo brasileiro se propôs a realizar no Vaticano foram amplamente atendidos. Ele embarcou nesta terça-feira (15) de volta ao Brasil, depois de ficar cinco dias no país.

Mourão participou da cerimônia de canonização da Irmã Dulce, realizada no último domingo (13). Segundo ele, um dos propósitos da viagem era justamente a representação do Brasil na solenidade.

“Primeiro deles é a representação oficial do Governo brasileiro em uma cerimônia católica de extrema importante como a canonização da agora Santa Dulce dos Pobres. Em segundo lugar, os contatos feitos com as autoridades da Santa Sé.”

A Irmã Dulce é a primeira mulher nascida no Brasil a se tornar santa e, desde que foi canonizada, passou a se chamar Santa Dulce dos Pobres.

Além de participar da cerimônia, o vice-presidente se reuniu com empresários italianos e com representantes do governo da Itália para tratar de investimentos no Brasil.

“Empresas algumas já estabelecidas no Brasil, que vieram enfatizar que confiam no Governo e estão com todas as suas capacidades prontas para investir mais no Brasil e outras que estão aguardando oportunidades.”

Viajaram para o Vaticano, assim como Mourão, os presidentes do Senado, Davi Alcolumbre; da Câmara, Rodrigo Maia; e do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli. O procurador-geral da República, Augusto Aras; o ministro da Saúde, Henrique Mandetta; e o ex-presidente da República, José Sarney, também integraram a comitiva.

*Com informações da repórter Nicole Fusco