Mourão: Menção a Bolsonaro no caso Marielle ‘é polêmica superada’

  • Por Jovem Pan
  • 31/10/2019 06h28 - Atualizado em 31/10/2019 07h37
Flickr/Palácio do PlanaltoUm perfil oficial da presidência da República, a Secom, também saiu em defesa do presidente

O presidente em exercício, Hamilton Mourão, avalia que a polêmica envolvendo o nome do presidente Jair Bolsonaro e os supostos assassinos da vereadora Marielle Franco já foi esclarecida – diante da informação de que o porteiro do condomínio, onde o presidente tem casa, teria mentido.

Segundo Mourão, o problema está resolvido. “O presidente colocou um Twitter. A verdade sempre vai triunfar, fica melhor para todo nundo.”

Hamilton Mourão avalia que a revelação põe um fim ao desgaste. Mais cedo ele havia admitido que as informações perturbam, mas não teriam o poder de desestabilizar o Governo. Mourão ainda afirmou que não é só a imprensa que ataca o presidente da República.

Um perfil oficial da presidência da República, a Secom, saiu em defesa do presidente. Disse que mais uma vez criaram histórias dignas de ficção científica e que o presidente é obrigado a provar que não estava em dois lugares ao mesmo tempo.

A postagem oficial da comunicação do Governo afirma que a história que um dos suspeitos de matar a vereadora Marielle Franco foi à casa do presidente no dia do crime não tem fundamento, uma vez que o presidente estava em Brasília.

*Com informações da repórter Luciana Verdolin