MP não descartou nenhuma hipótese, diz promotora de caso Neymar

  • Por Jovem Pan
  • 18/06/2019 06h24
EFE/EPA/IAN LANGSDONMP ainda analisa provas, declarações e depoimentos do caso Neymar

A promotora de Enfrentamento à Violência Doméstica, Estefânia Paulin que atua no caso Neymar, afirmou que nenhuma hipótese sobre a acusação de estupro e agressão contra a modelo Najila Trindade foi descartada. O inquérito policial está em andamento e corre em segredo de justiça.

Estefânia ressaltou que antes de tomar alguma decisão, o Ministério Público analisará todas as provas, declarações e depoimentos com muita cautela.

De acordo com a promotora o prazo para a conclusão da investigação será conforme a necessidade do caso. “Precisamos ver com muito cuidado, analisar tudo de forma comedida e serena como sempre venho falando, com seriedade, para apresentar isso pro Poder Judiciário porque o MP como sempre busca justiça e até agora não descartamos nenhuma hipótese do que aconteceu”, disse à Jovem Pan.

Nesta segunda-feira (17), o funcionário do Instituto Neymar, Altamiro Bezerra, e o amigo do atacante, Carlos Henrique, prestaram depoimento na 6ª Delegacia de Defesa da Mulher de São Paulo.

O novo advogado de Najila Trindade deve chegar à capital paulista entre hoje ou amanhã para assumir a defesa. Cosme Araújo é o quarto advogado que representa a modelo no processo.

O último advogado, Danilo Garcia de Andrade, abandonou o caso após Najila Trindade se recusar a entregar o aparelho celular onde estariam provas importantes do episódio ocorrido, no mês passado, em Paris.

*Com informações da repórter Natacha Mazzaro