MP-RJ denuncia Cabral e Pezão por improbidade administrativa

  • Por Jovem Pan
  • 03/04/2019 05h51
Fernando Frazão/Agência BrasilOs dois estão presos – Pezão desde novembro e Cabral há mais de dois anos

Os ex-governadores do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral e Luiz Fernando Pezão, foram alvos de denúncia apresentada à Justiça nesta terça-feira (02) pelo Ministério Público. Os dois estão presos – Pezão desde novembro e Cabral há mais de dois anos.

O MP-RJ quer que os dois sejam condenados por improbidade administrativa e ainda pediu a indisponibilidade de bens avaliados em mais de R$ 300 milhões que pertencem a Cabral e Pezão.

Segundo a denúncia, Cabral atuou na arrecadação de recursos ilegais na campanha de Pezão em 2014. Naquela ocasião, Pezão era vice-governador e secretário de Obras do RJ, pasta importante e que ajudou a abastecer o esquema de corrupção criado por Cabral.

Cabral tem dito em depoimentos ao juiz Marcelo Bretas, da Lava Jato, que antes da eleição de Pezão recebeu no Palácio Guanabara diversos empresários que faziam parte do esquema para avisar que haveria continuidade com Pezão.

*Informações do repórter Rodrigo Viga