MP-RJ pede afastamento de presidente da Câmara Municipal de Belford Roxo

  • Por Jovem Pan
  • 05/04/2019 05h57
Divulgação/CMBRO pedido de prisão foi negado pela Justiça, mas os procuradores querem o afastamento de Marcinho Bombeiro da Câmara

O Ministério Público do Rio de Janeiro quer afastar o presidente da Câmara municipal de Belford Roxo, e até chegou a pedir a prisão preventiva de Marcinho Bombeiro (PSL). Ele é acusado de uma série de irregularidades ambientais e de ter até aterrado, sem autorização, um rio que alimenta a região da Baixada Fluminense.

Além disso, o presidente da Câmara municipal de Belford Roxo é acusado de ter impedido, em março, a ação de fiscais ambientais do Rio de Janeiro durante manobra de despejo de entulho na Baixada. Os fiscais disseram que Marcinho Bombeiro chegou ao local acompanhado de dois homens armados.

Agora, o MP-RJ está denunciando-o por crime ambiental e peculato. O pedido de prisão foi negado pela Justiça, mas os procuradores querem o afastamento dele da Câmara.

Marcinho Bombeiro tem longo histórico de denúncias e acusações como associação criminosa, formação de quadrilha e porte ilegal de armas. Há a suspeita ainda de que ele seja ligado a milicianos na Baixada Fluminense.

*Informações do repórter Rodrigo Viga