MPF denuncia Marconi Perillo por corrupção e lavagem de dinheiro

  • Por Jovem Pan
  • 22/06/2019 11h39 - Atualizado em 22/06/2019 11h39
Wilson Dias/Agência BrasilPerillo é citado em acordos de leniência e colaboração premiadas firmadas com os executivos da Odebrecht

O ex-governador de Goiás Marconi Perillo é denunciado por corrupção, lavagem de dinheiro e acusado de receber propina da Odebrecht.

O Ministério Público Federal (MPF) pretende condenar Perillo por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e organização criminosa numa denúncia no âmbito da operação Cash Delivery, um desdobramento da Lava Jato.

Perillo é citado em acordos de leniência e colaboração premiadas firmadas com os executivos da Odebrecht. As denúncias abrangem o período de senador e governador de Goiás, no recebimento de propina para favorecer a empreiteira em contratos no estado.

Os procuradores sustentam que em 2014 foram R$ 17 milhões, atualizados em junho.

O advogado de Perillo, Antonio Carlos de Almeida Castro, manifestou indignação com os fatos narrados. Kakay alega que o Juiz da 11ª Vara Federal de Goiânia, em maio, declinou da competência do caso, e determinou que o processo fosse encaminhado à Justiça Eleitoral, cumprindo decisão do Supremo Tribunal Federal.

O processo foi ao Ministério Público para simples ciência, mas de maneira intempestiva, o procurador Helio Tello, apresenta uma denúncia sem ter competência, mas a defesa ressalta a confiança no Ministério Público e Poder Judiciário.

*Com informações do repórter Marcelo Mattos