Mulher é obrigada a fazer sexo oral em homem que havia roubado carro de aplicativo no RJ

  • Por Jovem Pan
  • 04/04/2019 06h04
Divulgação/PMERJ Polícia militar do Rio de Janeiro A mulher, que estava acompanhada da filha, pediu um carro pelo aplicativo de transporte e quando entrou no veículo lá não estava o motorista habilitado, mas o criminoso

Uma mulher foi obrigada a fazer sexo oral em um criminoso dentro de um carro de aplicativo, que foi roubado, em Campo Grande, na zona oeste do Rio de Janeiro.

A mulher, que estava acompanhada da filha, pediu um carro pelo aplicativo de transporte e quando entrou no veículo lá não estava o motorista habilitado, mas o criminoso que tinha acabado de roubar o carro.

Ela foi obrigada a deixar a filha em um posto de gasolina e, metros a frente, o homem parou o carro e a obrigou a praticar sexo oral nele. Foi quando ela viu a passagem de uma viatura policial e gritou por socorro.

O criminoso, identificado como Renato Vasconcelos, de 39 anos, saiu correndo do carro, mas foi preso em seguida. A mulher, vítima do abuso sexual, está abalada psicologicamente, mas passa bem.

*Informações do repórter Rodrigo Viga