Nasa quer intensificar procura por sinais de vida em Marte

  • Por Jovem Pan
  • 31/12/2019 08h32 - Atualizado em 31/12/2019 09h21
NASA/JPL-CaltechO rover planetário Mars 2020 será lançado em julho deste ano, mas só vai chegar em Marte em fevereiro de 2021

A Nasa se prepara para lançar uma nova missão a Marte. O rover planetário Mars 2020 tem como objetivo buscar sinais de vida no planeta vermelho. O veículo também está equipado com instrumentos que ajudarão a entender características da superfície marciana e abrir caminho para viagens tripuladas no futuro.

A sonda tem 23 câmeras, dois sensores de ventos e lasers para análises químicas. A grande novidade do rover é a presença de hélices, que vão verificar se é possível sobrevoar a superfície de Marte.

De acordo com a engenheira da Nasa, Jessica Samuels, uma das principais preocupações é detectar resquícios orgânicos que poderiam indicar sinais de vida em Marte.

Cientistas afirmam que, há bilhões de anos, Marte tinha água na superfície, uma atmosfera mais densa e um campo magnético. Segundo os pesquisadores, as condições eram semelhantes às do planeta Terra no início da evolução da vida unicelular.

O rover deve recolher e armazenar amostras do solo até que outra missão consiga trazer de volta para a Terra. O veículo será lançado em julho deste ano, mas só vai chegar em Marte em fevereiro de 2021.

Se for bem sucedida, será a 5º missão a pousar na superfície marciano. Já o transporte das amostras do solo marciano está previsto para 2026.

*Com informações da repórter Nanny Cox