No RJ, Alckmin diz que vaga no 2º turno será definida na reta final

  • Por Jovem Pan
  • 14/09/2018 06h40 - Atualizado em 14/09/2018 08h19
Secom "Está embolado em segundo lugar, mas estamos crescendo, rejeição caindo. Não é tirar voto de um ou de outro, é conquistar o eleitor”, disse o tucano

O candidato do PSDB à Presidência, Geraldo Alckmin, afirmou, em sua visita ao Rio de Janeiro nesta quinta-feira (13), que sua campanha já dá sinais de crescimento e afirmou que ninguém pode se sentir garantido no segundo turno, uma vez que o pleito de 2018 está embolado e só será decidido na reta final.

O tucano está empatado, em segundo lugar, com Ciro Gomes, Marina Silva e Fernando Haddad.

Alckmin afirmou que, historicamente, o brasileiro sempre deixa para decidir na última hora, ainda mais agora com período muito curto de campanha: “todas as pesquisas mostram que estamos em crescimento. Está embolado em segundo lugar, mas estamos crescendo, rejeição caindo. Não é tirar voto de um ou de outro, é conquistar o eleitor”.

Ele disse ainda que quer ser o presidente do Ensino Infantil e que, se eleito, dará aumentos reais para quem ganha salário-mínimo.

Confira a cobertura completa das Eleições 2018

*Informações do repórter Rodrigo Viga