No RJ, Bolsonaro diz que é preciso acabar com história de criança decidir se é menino ou não: ‘tem piu piu’

  • Por Jovem Pan
  • 29/08/2018 11h07
Wilton Junior/Estadão Conteúdo“Ele tem ‘piu piu’ debaixo da perna, mas quando tiver dois anos de idade vai decidir se é menino ou não. Vamos acabar com isso", disse

O candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, voltou a criticar o STF nesta segunda-feira (27) ao afirmar que os ministros da Corte precisam respeitar o Artigo 53 da Constituição, que fala da inviolabilidade de opiniões, palavras e votos de parlamentares.

Bolsonaro é alvo de um processo no STF, que foi adiado após pedido de vista, acusado de racismo contra grupos de minorias.

Ele destacou que, se for eleito, terá direito de escolher três novos ministros da Corte e afirmou que isso será importante para equilibrar o jogo. Mais uma vez ele voltou a dizer que não é homofóbico tampouco racista, mas, ao ser questionado se é contra homossexuais, frisou que nenhum pai ou mãe quer ter um filho homossexual.

“Ele tem ‘piu piu’ debaixo da perna, mas quando tiver dois anos de idade vai decidir se é menino ou não. Vamos acabar com isso, até o pessoal da imprensa. Duvido que vocês querem isso para seu filho ou sua filha”, disparou.

Bolsonaro esteve nesta terça em “corpo a corpo” com comerciantes da Ceasa, na zona norte da capital fluminense.

*Informações do repórter Rodrigo Viga