Novas imagens de Trudeau com ‘blackface’ pressionam campanha eleitoral

  • Por Jovem Pan
  • 20/09/2019 07h32
Reprodução/TwitterPrimeiro-ministro canadense iniciou campanha para reeleição há uma semana

Foram divulgadas, nesta quinta-feira (19), novas imagens que mostram o primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, com o rosto pintado de preto, fazendo o chamado “blackface”, uma prática considerada racista. Desta vez, uma emissora canadense obteve um vídeo dos anos 1990 em que o primeiro ministro aparenta estar não só com a cara pintada, mas também com braços e pernas.

Na última quarta-feira (18), surgiu nas redes sociais uma imagem de 2001, quando Trudeau compareceu com “blackface” a uma festa fantasia, em uma escola em Vancouver, vestido do que chamou de Aladdin. Na época, o primeiro-ministro era um professor de 29 anos.

Trudeau pediu desculpas pelo ocorrido, dizendo que deveria ter sido mais cauteloso na época. Durante o pronunciamento, ele chegou a revelar que já havia feito o “blackface” antes, em um show de talentos na escola, quando interpretou a música “Banana Boat Song”, que ficou famosa na voz de Harry Belafonte, um artista negro.

A repercussão dos três gestos racistas levou o primeiro-ministro a voltar a público nesta quinta-feira (19) para pedir desculpas mais uma vez. Ele afirmou que, na época, por causa dos privilégios que tinha, não era capaz de reconhecer o quão doloroso o comportamento podia ser. O primeiro-ministro chegou a confessar que não sabe exatamente quantas vezes usou o “blackface” na vida.

Trudeau iniciou, há uma semana, a campanha para a reeleição. Ele se apresenta ao eleitorado como um defensor das minorias étnicas no Canadá.

O termo “blackface” surgiu para descrever atores brancos que interpretavam papéis de negros no teatro, que era proibido para negros até meados do século XX.

*Com informações do repórter Renan Porto