Novo presidente do TRE-RJ promete combater crime organizado e das igrejas nas eleições de 2018

  • Por Jovem Pan
  • 08/12/2017 06h38
Elza Fiúza/ABrO novo presidente do TRE, desembargador Carlos Eduardo Fonseca Passos, prometeu combater o poder do crime organizado e das igrejas nas eleições de 2018 em seu Estado

Uma briga sem tamanho começou a ser comprada nesta quinta-feira (07) pelo Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro contra o prefeito Marcelo Crivella.

O novo presidente do TRE, desembargador Carlos Eduardo Fonseca Passos, prometeu combater o poder do crime organizado e das igrejas nas eleições de 2018 em seu Estado.

Urnas terão suas eleições presididas por ele. O desembargador priorizou cinco temas para o seu pleito frente ao TRE: existência de centros sociais explorando a miséria dos eleitores; influência do crime organizado no resultado de eleições; influxo inaceitável de entidades religiosas apoiando candidaturas; realização de propaganda negativa em redes sociais, e a segurança da normalidade em eleições.

Passos foi mais fundo e disse que “a rigor, a política deveria prevenir ou remediar o mal”. Entre os males citados estão dois principais que ele quer combater: o poder do crime organizado e o poder das igrejas.

*Informações do repórter Claudio Tognolli