Obesidade aumenta risco de morte pela covid-19, mostra estudo

  • Por Jovem Pan
  • 30/04/2020 06h12 - Atualizado em 30/04/2020 07h55
PixabayO estudo não significa que o coronavírus afete menos as pessoas mais magras

Um estudo publicado no Jornal da Associação Médica Americana constatou que a covid-19 pode ser pior e com maior índice de morte em pacientes obesos

A pesquisa foi realizada nos meses de março e abril em 5,5  mil pacientes, a maioria homens, com idade media de 63 anos, internados em Nova York. Desses, 57% dos infectados apresentavam pressão alta, 42% eram obesos e 34% eram diabéticos.

Carlos Carvalho, chefe da pneumologia do Instituto do Coração explica que os problemas metabólicos favorecem uma evolução inadequada para os pacientes. De acordo com ele, o estudo não significa que o coronavírus afete menos as pessoas mais magras.

O médico diz que a doença nos fumantes e em pessoas que possuem problemas respiratórios é tão grave quanto nos obesos. O doutor Carlos Carvalho recomenda ao grupo de risco formado por pessoas com obesidade praticar exercícios físicos de 30 a 45 minutos diariamente.

*Com informações do repórter Victor Moraes