Presidente diz que sede milionária do TJSP não sairá do papel nesta gestão

  • Por Jovem Pan
  • 05/02/2020 07h06
Edson Lopes Jr./ A2DAtual sede do Tribunal de Justiça de São Paulo

O novo presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo afirmou nesta terça-feira que o projeto do novo prédio da Corte não não sairá do papel durante a gestão dele. A declaração do desembargador Geraldo Pinheiro Franco Novo foi dada após a cerimônia de posse na abertura do ano judiciário de 2020.

Participaram do evento o governador de São Paulo, João Doria, os ministros do Supremo Tribunal Federal Dias Toffoli e Alexandre de Moraes, além de outras autoridades. Segundo Pinheiro Franco, o projeto não é factível. “Nós não podemos gastar verba orçamentária na construção desse projeto. Esse projeto está, momentaneamente, no meu biênio, superado.”

A licitação do projeto do prédio foi cancelada em novembro do ano passado, pelo então presidente do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo Manoel Pereira Calças. A obra tinha um custo de R$ 1,2 bi e abrigaria os trezentos e sessenta desembargadores do estado.

* Com informações da repórter Nicole Fusco.