SP: Obras do Rodoanel vão ser retomadas em setembro, diz secretário

A construção teve início em 2013, com a previsão de entrega para 2016

  • Por Jovem Pan
  • 01/09/2020 07h23 - Atualizado em 01/09/2020 08h49
Governo do Estado de SP/Eduardo Saraiva/A2IMGO trecho norte fecha o Rodoanel e permitirá a interligação das 12 rodovias que cortam São Paulo, em uma extensão de 176 quilômetros

A licitação do Rodoanel deverá ser retomada em setembro, avalia o secretário de Logística e Transportes do Estado de São Paulo , João Octaviano; após a paralisação do processo em razão da pandemia. “Bom momento significa que as empresas já reorganizadas, prontas para cumprirem os protocolos de segurança e fazerem essa retomada dessas obras”, afirma. O trecho norte tem 44 quilômetros e a conclusão está estimada em R$ 2 bilhões. O vencedor da licitação deverá apresentar o menor valor a ser pago pelo estado de São Paulo em seis lotes de obras.

“É uma obra fundamental dentro dessa logística e vai ligar o trecho que falta do rodoanel, o trecho norte, de maneira que você tem um fluxo de cargas que sai das marginais, principalmente da Marginal Tietê, e vai ter uma conexão com as rodovias Anchieta  e Imigrantes para um atendimento do porto de Santos, que é o prioritário corredor logístico para atendimento ao estado”, explica. As obras foram paralisadas em 2018 com 87% dos trabalhos previstos. A construção teve início em 2013, com a previsão de entrega para 2016. O trecho norte fecha o Rodoanel e permitirá a interligação das 12 rodovias que cortam São Paulo, em uma extensão de 176 quilômetros.

*Com informações do repórter Marcelo Mattos