OEA aprova resolução para suspender Venezuela

  • Por Jovem Pan
  • 06/06/2018 06h09
EFE/Cristian HernándezA OEA aceitou uma resolução apresentada por países do bloco que afirmam que a reeleição de Nicolás Maduro foi ilegítima

A Organização dos Estados Americanos aprovou na noite desta terça-feira (05) uma resolução que pode suspender a Venezuela por ruptura da ordem democrática. O principal fórum político do continente aceitou uma resolução apresentada por países do bloco que afirmam que a reeleição de Nicolás Maduro foi ilegítima.

Entre os países que fizeram o pedido está o Brasil e os Estados Unidos.

Foram 19 votos a favor da resolução, quatro contra e 11 abstenções após intensas negociações diplomáticas na sede da OEA.

O chanceler brasileiro, Aloysio Nunes Ferreira não apoiou, no entanto, a adoção de sanções por considerá-las um fardo sobre a população venezuelana.

A suspensão da Venezuela não será imediata. É necessário ter dois terços dos votos em uma assembleia geral extraordinária para suspender um Estado-membro da OEA.

A data da Assembleia Extraordinária ainda não tem data divulgada.

A aprovação da resolução pode ser apenas simbólica, já que em abril do ano passado, a Venezuela solicitou a sua saída da OEA, um processo que leva dois anos.

*Informações do repórter Afonso Marangoni