Oito em cada 10 mulheres têm medo de andar sozinhas à noite na rua, aponta pesquisa

  • Por Jovem Pan
  • 15/03/2018 09h11
PixabayPara o presidente do Instituto Locomotiva, Renato Meirelles, a violência contra a mulher cria um ambiente de insegurança e o medo passa a fazer parte das atividades corriqueiras

Oito em cada 10 mulheres dizem ter medo de andar sozinhas, à noite, na rua. É o que revela uma pesquisa do Instituto Locomotiva divulgada nesta quinta-feira (15). No entanto, o índice cai para cinco entre os homens.

O medo dessas mulheres não é apenas de serem assaltadas. Também tem origem naquelas cantadas, no olhar de um estranho e principalmente na ameaça de terem o corpo violado.

Quase 50 milhões de brasileiros conhecem uma mulher que já foi estuprada.

Segundo o levantamento, 96% das brasileiras afirmam que é preciso ensinar os homens a respeitar as mulheres.

Para o presidente do Instituto Locomotiva, Renato Meirelles, a violência contra a mulher cria um ambiente de insegurança e o medo passa a fazer parte das atividades corriqueiras.

Na semana passada, a Câmara aprovou um projeto que aumenta a pena em caso de estupro coletivo e torna crime a importunação sexual e a divulgação de cenas de estupro. Já na última terça-feira, uma matéria que prevê penas maiores para o feminicídio, passou no Senado.

São medidas que reforçam estratégias para acabar com o círculo de violência contra as mulheres. Ambos os projetos ainda estão tramitando no Congresso.

*Informações da repórter Natacha Mazzaro