Óleo em praias do RJ é compatível com material no Nordeste, diz Governo

  • Por Jovem Pan
  • 27/11/2019 08h13
Divulgação/Marinha do BrasilMuito provavelmente outros fragmentos encontrados em Macaé e Quissamã também vieram do mesmo derramamento

A Marinha, a ANP e o Ibama confirmaram que fragmentos de óleo encontrados em uma praia de São Francisco do Itabapoana também vieram do desastre ambiental que aconteceu meses atrás no Nordeste brasileiro.

Agora são duas praias do Norte do Estado do Rio de Janeiro com fragmentos do óleo que vazou na costa nordestina. Os pedaços de óleo começaram a aparecer no fim de semana em prais de São João da Barra.

Muito provavelmente outros fragmentos encontrados em Macaé e Quissamã também vieram do mesmo derramamento. Análises estão sendo feitas em laboratórios por autoridades envolvidas no combate a esse desastre.

A Marinha, a ANP e o Ibama continuam destacando dezenas de agentes para fazer um “monitoramento” de praias da região. Desde o derramamento, por volta de julho, mais de 725 localidades em 11 Estados já foram atingidos pelo óleo – ou partes dele.

As investigações da Polícia Federal continuam em andamento.

*Com informações do repórter Rodrigo Viga