ONU: Número de pessoas sofrendo com a fome no mundo pode dobrar com pandemia

  • Por Jovem Pan
  • 22/04/2020 06h16 - Atualizado em 22/04/2020 08h01
EFENesta terça-feira (21), o número de casos de coronavírus confirmados no mundo passou dos 2,5 milhões

A ONU prevê um agravamento da fome do mundo com a crise provocada pela pandemia de coronavírus. Segundo o Programa Mundial de Alimentos das Nações Unidas, o número de pessoas com pouco acesso à comida pode dobrar em 2020, chegando a 265 milhões.

Os especialistas estão preocupados com o fato de que os países com capacidade para doar recursos aos países mais pobres estão reduzindo os repasses.

A estimativa é que sejam necessários mais de US$ 350 milhões de imediato para lidar com a fome. Ao todo, serão necessários entre US$ 10 e US$ 12 bilhões para financiar as medidas de assistência este ano.

Nesta terça-feira (21), o número de casos de coronavírus confirmados no mundo passou dos 2,5 milhões, de acordo com a Universidade Johns Hopkins, dos Estados Unidos.

Giro pelo mundo

Na África, uma das regiões que mais preocupa em relação ao aumento da fome, 23 mil casos de covid-19 foram confirmados e mais de mil pessoas morreram.

Mesmo com países iniciando uma saída gradual do isolamento, a pandemia de coronavírus continua forçando o adiamento de eventos culturais por todo o mundo.

Na Alemanha, a tradicional Oktoberfest foi cancelada. O país registra quase 4,6 mil mortes e mais de 143 mil casos confirmados. Nesta terça-feira, os alunos voltaram às salas de aula para fazer as provas finais.

Na Espanha, a Festa de São Firmino, famosa pela corrida de touros, também foi cancelada. Nas últimas 24 horas, o país registrou 430 mortes por covid-19, número abaixo do que vinha sendo registrado nas últimas semanas.

O número de infectados passa de 200 mil e 21 mil pessoas morreram.

*Com informações do repórter Renan Porto