Opas pede cautela diante de transmissão ‘ainda alta’ de covid-19 nas Américas

  • Por Jovem Pan
  • 06/05/2020 06h06 - Atualizado em 06/05/2020 07h49
EFE/Alberto ValdésAs Américas registram 1,4 milhão casos confirmados de covid-19 e mais de 80 mil mortes

A Organização Pan-americana da Saúde pediu nesta segunda-feira (4) que os países da região tenham cautela na redução das medidas de isolamento contra o coronavírus. A diretora da Opas, Carissa Etienne, alertou que o número de casos segue aumentando em ritmo acelerado.

As Américas registram 1,4 milhão casos confirmados de covid-19 e mais de 80 mil mortes.

Apesar do alerta, o Peru vai colocar em vigor um plano de reabertura econômica a partir da semana que vem. Mesmo tendo sido um dos primeiros países a decretar o confinamento, no dia 16 de março, o país já supera a marca de 51 mil infectados.

Nesta terça-feira (5) o Uruguai viveu o primeiro dia de “nova normalidade” proposta pelo governo. Órgãos públicos voltaram a funcionar e grande parte do comércio da capital Montevidéu reabriu as portas.

O presidente Lacalle Pou afirmou que mais flexibilizações devem acontecer nos próximos dias.

Também nesta terça-feira, o ministro da Defesa da Bolívia anunciou que vai entrar em isolamento voluntário depois que a esposa dele testou positivo para coronavírus.

Na Colômbia, o governo estuda a libertação temporária de presos provisórios para conter o contágio nas cadeias superlotadas.

*Com informações do repórter Renan Porto