Operação da Polícia Civil com Ministério da Segurança Pública prende quase 1,5 mil criminosos

  • Por Jovem Pan
  • 27/09/2018 08h16 - Atualizado em 27/09/2018 08h16
EFE/Antonio LacerdaO trabalho da Polícia Civil vai até o fim desta quinta-feira (27)

A Polícia Civil de 26 Estados em parceria com o Ministério da Segurança Pública, iniciou nesta quarta-feira (26) a Operação Midas, que tem foco no combate ao roubo e latrocínio, que é o roubo seguido de morte.

Até as 17h30 desta quarta, foram presos 1496 adultos – sendo 427 prisões por roubo; 17 por latrocínio e 783 por outros crimes, além de 269 prisões em flagrante – e apreendidos 109 adolescentes.

A principal meta é cumprir prisões preventivas de autores de crimes contra o patrimônio.

Segundo o ministro Raul Jungmann, a prática movimenta milhões de reais e tem capitalizado diversas facções criminosas que atuam de dentro dos presídios. O ministro também vai enviar os dados das investigações ao Tribunal Superior Eleitoral para evitar que candidatos financiados pelas facções assumam mandatos nestas eleições.

O trabalho da Polícia Civil vai até o fim desta quinta-feira (27). Os números finais serão divulgados nesta sexta (28).

*Informações do repórter Arthur Scotti