Operação do Gaeco contra o crime organizado prende 19 pessoas, entre elas dois policiais

Os mandados foram cumpridos na região de Curitiba e no litoral do Paraná

  • Por Jovem Pan
  • 10/05/2019 06h53
DivulgaçãoOutras 18 pessoas ligadas aos grupos também foram detidas. Foram apreendidas armas, documentos e mais de R$ 40 mil em espécie

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) deflagrou nesta quinta-feira (09) uma operação contra duas organizações criminosas. Ao todo, 19 mandados de prisão e 24 de busca foram cumpridos na região de Curitiba e no litoral do Paraná.

Dentre os presos, estão dois soldados da Polícia Militar, um deles reformado, acusados de chefiarem as organizações criminosas. Um dos policiais presos já foi condenado a mais de 24 anos por tráfico, associação para o tráfico e corrupção passiva. O outro é investigado por roubo, furto e lavagem de dinheiro.

Ambos passaram por um período presos no Batalhão da Polícia da Guarda, em Curitiba, onde se conheceram e passaram a trocar informações. De acordo com o procurador de Justiça Leonir Batisti, os dois teriam entrelaçado as atividades dos grupos para realizar a lavagem do dinheiro gerado nas operações criminosas.

Em nota, a Polícia Militar informou que faz parte do Gaeco e que participou das prisões dos suspeitos. A PM afirmou também que não compactua com eventuais desvios de conduta de integrantes da corporação.

Outras 18 pessoas ligadas aos grupos também foram detidas. Foram apreendidas armas, documentos e mais de R$ 40 mil em espécie.

*Informações da repórter Larissa Coelho