Operação em presídio na Baixada Fluminense apreende celulares, drogas e bebidas com detentos

  • Por Jovem Pan
  • 18/04/2019 06h14
DivulgaçãoA varredura no presídio ocorreu após postagem em rede social em que detentos dizem que possuem celulares, dinheiro, drogas e bebidas dentro das celas

Pelo menos 140 aparelhos celulares foram apreendidos nesta quarta-feira (17) no presídio Romeiro Neto, que fica em Magé, na Baixada Fluminense. Também foram apreendidas drogas nas celas dos presos.

A varredura no presídio ocorreu após postagem em rede social em que detentos dizem que possuem celulares, dinheiro, drogas e bebidas dentro das celas.

A Secretaria de Administração Penitenciária tem feito varreduras frequentes dentro de presídios e, em cálculo preliminar, no primeiro trimestre deste ano já foram apreendidos mais de três mil celulares.

Também nessa quarta-feira, o governador Wilson Witzel disse que mil homens das Forças Armadas farão a segurança de escolas públicas do Estado do RJ por conta da onda de violência em colégios.

*Informações do repórter Rodrigo Viga