Operação Invoice prende empresários suspeitos de sonegação no DF

  • Por Jovem Pan
  • 07/07/2018 12h03
Reprodução/FacebookAlém do dono do Supercei, a operação teve como alvo os outros donos de estabelecimentos e pessoas suspeitas de proteger os empresários

Nove pessoas foram presas pela Polícia Civil do Distrito Federal. Elas são suspeitas de integrar uma organização criminosa que deu um prejuízo de R$ 12 milhões aos cofres públicos por meio de sonegações de impostos.

Os mandados de prisão preventiva foram cumpridos em Brasilia e em Palmas (TO). Os alvos da ação, batizada de Operação Invoice, são os donos dos supermercados Supercei, Veneza e Bellavia, além de outras pessoas suspeitas de proteger os empresários.

Segundo informações preliminares, foram apreendidos vários veículos de luxo, lanchas, armas de fogo e outros objetos de valor.

As investigações apontam que os suspeitos compravam produtos com fornecedores de outros Estados com emissão de nota por meio da empresa de fachada IASS Distribuidora e Logística.

O valor do ICMS era menor, concretizando a fraude ao Fisco. Os mandados foram cumpridos após sete meses de investigação.

*Com informações do repórter Arthur Scotti