Para escapar de sequestro-relâmpago, taxista luta contra criminosos e é baleado em SP

  • Por Jovem Pan
  • 27/06/2018 06h09
Paulo Pinto/Fotos PúblicasO taxista, de prenome Sidney e 53 anos de idade, foi levado ao pronto socorro do Hospital Geral de Osasco, onde, segundo a Polícia Civil, segue internado, mas consciente

Taxista luta com bandidos para escapar de sequestro-relâmpago e é baleado em Osasco, na Grande São Paulo.

O motorista foi abordado na noite desta terça-feira (26) por dois criminosos armados, um deles adolescente, que invadiram seu veículo, um Renault Duster.
 A vítima foi obrigada a passar para o banco de trás do táxi, onde permaneceu sob vigilância do menor, enquanto o outro assaltante assumiu a direção.

Em meio ao sequestro, o taxista decidiu reagir, aplicando um mata-leão no criminoso que dirigia, quando acabou baleado, no rosto, pelo menor.

O assaltante perdeu o controle da direção, e o veículo invadiu um posto de combustíveis na Avenida Presidente Kennedy, sob a Ponte dos Remédios, junto à Marginal do Tietê.

Um policial militar da ROTA, que estava no local, em horário de folga, presenciou o acidente e impediu que a dupla fugisse, além de apreender a arma.

O taxista, de prenome Sidney e 53 anos de idade, foi levado ao pronto socorro do Hospital Geral de Osasco, onde, segundo a Polícia Civil, segue internado, mas consciente.

O caso foi registrado no plantão do 10º Distrito Policial de Osasco.

*Informações do repórter Paulo Édson Fiore