Para vestibulandos, 2ª fase da Fuvest foi mais fácil do que imaginavam

  • Por Jovem Pan
  • 08/01/2019 06h48
USP ImagensO segundo dia da segunda fase consistiu em 12 questões de duas, três ou quatro disciplinas, de acordo com a carreira escolhida

A segunda fase do vestibular da Fuvest terminou nesta segunda-feira (07). Trinta e dois mil candidatos disputaram oito mil vagas nos cursos de graduação da Universidade de São Paulo, além da participação de mais de três mil treineiros.

O segundo dia da segunda fase consistiu em 12 questões de duas, três ou quatro disciplinas, de acordo com a carreira escolhida. Na primeira fase, os estudantes fizeram a prova de português com 10 perguntas dissertativas e uma redação que abordou o tema “A importância do passado para a compreensão do presente”.

Ravena Albuquerque, de 18 anos, veio do Rio Grande do Norte. Para ela, que quer Letras, o tema da redação ficou muito amplo.

É a primeira vez que o estudante Erick Fernandes faz a prova da Fuvest. Ele prestou Engenharia Química e tentou ficar tranquilo durante as quatro horas de prova.

João Pedro prestou para entrar em Direito e achou que a prova seria mais difícil.

Ao contrário dos alunos que estavam bem preparados e não acharam a prova tao difícil, o professor de Física e coordenador do curso Poliedro, Rodrigo Fulgêncio, explicou que o nível de dificuldade se manteve alto, com uma boa distribuição de conteúdo.

O encerramento do exame registrou um índice de abstenção de 8,1% entre os 35 mil estudantes. A primeira lista de aprovados para o vestibular da USP vai sair no dia 24 de janeiro no site da Fuvest.

*Informações do repórter Victor Moraes