Paraguai diz que não há mais pacientes na UTI por coronavírus no país

  • Por Jovem Pan
  • 01/05/2020 06h21 - Atualizado em 01/05/2020 07h36
Roberto Casimiro/Estadão ConteúdoCom nove mortes e pouco mais de 200 infectados, o país decretou quarentena obrigatória no dia 10 de março

Na América do Sul, o Paraguai já não tem mais pacientes com covid-19 internados em UTI. Com nove mortes e pouco mais de 200 infectados, o país decretou quarentena obrigatória no dia 10 de março, quando foi registrado o primeiro caso.

No Peru, o quadro é diferente. O país ultrapassou a marca dos mil mortos nesta quinta-feira e quase 37 mil infectados.

Europa

A primeira ministra da Alemanha, Angela Merkel, anunciou o afrouxamento de medidas de isolamento, nesta quinta-feira (30). A chanceler disse que parques, museus e igrejas podem ser reabertos com condições estabelecidas por estados e municípios.

Merkel afirmou que é preciso estar alerta para um possível aumento no número de infecções e pensar em meios de reagir. A Alemanha tem mais de 160 mil casos de coronavírus confirmados, número semelhante à França e ao Reino Unido, por exemplo, no entanto, tem 6,5 mil mortes — muito abaixo desses países.

Nesta quinta-feira, o primeiro-ministro da Rússia, Mikhail Mishustin, testou positivo para o novo coronavírus. Ele afirmou que está bem e segue as orientações médicas.

Ásia

Pela primeira vez, desde o dia 15 de fevereiro, a Coreia do Sul passou 24 horas sem nenhuma nova infecção por coronavírus.

*Com informações do repórter Renan Porto