Parlamentares britânicos têm último dia de trabalho no Parlamento Europeu

  • Por Ulisses Neto/Jovem Pan
  • 29/01/2020 08h10 - Atualizado em 29/01/2020 09h13
EFEO governo também decidiu manter um tom sóbrio para marcar a desfiliação porque é hora de reconciliar o país

Em Bruxelas, o Parlamento Europeu vai aprovar nesta quarta-feira (29) a última etapa antes da concretização do Brexit — que acontece na próxima sexta-feira (31). Os 751 integrantes da casa vão concluir o processo de tramitação do divórcio.

Nenhuma surpresa é aguardada e este é um evento meramente burocrático.

Os 73 parlamentares britânicos que fazem parte do parlamento também terão nesta quarta seu último dia de trabalho. Depois da votação eles vão se despedir da entidade encerrando os 47 anos de filiação britânica ao bloco.

O Reino Unido vai deixar a União Europeia oficialmente às 23h da próxima sexta-feira, horário de Londres (20h em Brasília).

Depois de muita polêmica, ficou decidido que o Big Ben não irá tocar no momento exato da desfiliação — o relógio passa por reformas. Uma projeção será feita no Palácio de Westminster com a contagem regressiva para o início da nova realidade britânica.

O governo também decidiu manter um tom sóbrio para marcar a desfiliação porque é hora de reconciliar o país. O primeiro-ministro Boris Jonhson está tentando manter um tom que evite aumentar ainda mais a divisão entre os britânicos neste momento sensível.

Ainda assim, manifestações são esperadas na praça do parlamento nesta sexta-feira.

Ainda que, de maneira geral, os britânicos tenham aceitado a nova realidade, nas ruas aqui de Londres fica a clara sensação de que o país já virou a página antes mesmo da concretização do Brexit.