Partidos já se mobilizam para definir candidaturas e alianças para as eleições

  • Por Jovem Pan
  • 05/03/2018 07h26
Elza Fiúza/ABrEste é o momento que o presidente Michel Temer começa a discutir a reforma ministerial do mês que vem

Começou a temporada das convenções e definições partidárias. O PSB se reuniu, elegeu presidente Carlos Siqueira e confirmou tendência de aliança à esquerda.

Oficialmente, o partido admite candidatura própria e coligações, mas o objetivo é a eleição de deputados federais e reforçar as posições nos Estados. O PSB, segundo líderes, tem de crescer organicamente. Esta é a opção do ex-presidente do STF, ministro Joaquim Barbosa, se quiser ser candidato à Presidência.

Nesta semana, o DEM se reúne e vai se refundar. Nesta convenção, o partido vai oficializar o veto a coligações com o PT, e aí atinge Minas Gerais, Sergipe e Alagoas.

É momento que o presidente Michel Temer começa a discutir a reforma ministerial do mês que vem.

No MDB, a grande preocupação é com o Senado, que terá de reeleger 14 dos 20 senadores. Não deve conseguir, e assim o partido pode ficar menor.

*Informações do repórter José Maria Trindade