SP: Passageiros têm até dia 1º de outubro para trocar Bilhete Único

  • Por Jovem Pan
  • 23/09/2019 07h33 - Atualizado em 23/09/2019 11h09
JOSÉ PATRÍCIO/ESTADÃO CONTEÚDODe acordo com a Prefeitura, cerca de 30 mil usuários ainda devem fazer a atualização

Os passageiros que usam o Bilhete Único sem identificação têm uma semana para trocar o cartão se não quiserem perder créditos comuns acima de R$ 43. Quem usa vale-transporte, não precisa se preocupar já que nenhuma mudança está prevista. De acordo com a Prefeitura, cerca de 30 mil usuários ainda devem fazer a atualização.

A partir do dia primeiro de outubro, os bilhetes emitidos antes de 2014 ainda vão continuar funcionando com crédito comum. No entanto, esses modelos que não têm identificação vão ter um teto de carregamento de até R$ 43 reais e o excedente ficará indisponível.

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, diz que o objetivo da medida é combater fraudes e não prevê uma nova prorrogação do prazo, como ocorreu em maio. A intenção dessa determinação é evitar fraudes no sistema. A ideia não é confiscar o valor, mas limitar em R$ 43. Não sejo necessidade em prorrogar por mais uma vez.”

Os bilhetes de modelos novos personalizados têm um limite de R$ 350 reais para carregamento de créditos do tipo comum.

Os interessados em fazer a troca devem acessar o site da SPTrans. Quem não tem acesso à internet, deve procurar os postos do Poupatempo e os Telecentros da Prefeitura.

*Com informações do repórter Tiago Muniz