Petrobras vai vender 15 termoelétricas e manter as mais rentáveis

  • Por Jovem Pan
  • 15/08/2019 08h26
Reprodução/MMENão foram anunciadas quais usinas serão vendidas e nem qual será o modelo de venda desses ativos

A Petrobras pretende vender mais da metade de todas as suas usinas termoelétricas espalhadas por todo o Brasil. O anúncio foi feito na última quarta-feira (14), no Rio de Janeiro, pela diretora da área, Anelise Lara.

A empresa conta atualmente com 26 termoelétricas e a ideia, segundo ela, é vender 15. Não foram anunciadas quais usinas serão vendidas e nem qual será o modelo de venda desses ativos. Especula-se, inclusive, que a Petrobras possa agrupá-las em outra empresa e, se for viável, abrir o capital.

A perspectiva é de que o processo de venda comece já em 2020.

Somente na gestão de Roberto Castello Branco, a Petrobras já arrecadou com venda de bens e ativos mais de US$ 15 bilhões. Não há limite definido para a venda desses ativos.

Anelise Lara afirmou que a Petrobras só vai manter as termoelétricas que dão retorno e “façam sentido” para a atuação da companhia.

Especialistas do mercado entendem que esse movimento de venda pode fortalecer o projeto do Governo de abertura do mercado de gás no Brasil. A equipe do ministério da Economia, liderada por Paulo Guedes, vem falando em choque de ofertas para reduzir ao longo dos anos o preço do insumo em até 50%.

*Com informações do repórter Rodrigo Viga