PF deflagra operações contra pornografia infantil; Google encontrou foto suspeita na nuvem

  • Por Jovem Pan
  • 04/10/2019 09h57
PixabayUm dos suspeitos mantinha conteúdo pornográfico da própria filha

A Polícia Federal (PF) deflagrou, nesta quinta-feira (3), operações no Paraná e em São Paulo contra a pornografia infantil. Na primeira, em Curitiba, os agentes prenderam um homem em flagrante, além de cumprirem dois mandados de busca e apreensão. O suspeito é acusado de produzir, arquivar e compartilhar conteúdo de sexual infantil na internet.

Diversos equipamentos de informatica foram apreendidos e levados para perícia. Durante a investigação, a polícia localizou e resgatou uma criança de 9 anos que aparecia nas imagens. Se for condenado, o detido pode pegar até 18 anos de prisão.

Já no município de Arujá, em São Paulo, a PF atendeu a uma denúncia do Google, que identificou imagens de pornografia infantil armazenadas na nuvem da empresa. A operação XCloud prendeu um homem em flagrante por manter arquivos pornográficos de crianças envolvendo, inclusive, a própria filha.

O investigado responderá pelos crimes de produção e posse de pornografia infantil e pode pode pegar até 12 anos de reclusão.

*Com informações do repórter Vinícius Moura