PGR diz que vai recorrer contra decisão da 2ª Turma do STF sobre menções a Lula em delação

  • Por Jovem Pan
  • 26/04/2018 06h27
Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil Por decisão de três dos cinco ministros da turma, os documentos serão encaminhados à Justiça Federal de São Paulo

A Procuradoria-Geral da República vai recorrer contra a decisão da Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal que tirou do processo do sítio de Atibaia, do ex-presidente Lula, partes importantes da delação da Odebrecht.

Procuradores aguardam, agora, a publicação e vão recorrer primeiro à própria Segunda Turma e, depois, ao plenário do Supremo. Houve reações, mas integrantes da força-tarefa da Lava Jato consideram que os processos continuam com Sergio Moro, e as provas mais contundentes sobre a posse do sítio e as reformas pagas por empresas privadas estão preservadas.

A defesa de Lula não perdeu tempo e já pediu a Moro a transferência dos processos para a Justiça de São Paulo. Moro deve negar, e o pedido será protocolado no STF, com a esperança de que caia na Segunda Turma.

*Informações do repórter José Maria Trindade