Plataforma do Google facilita buscas por candidatos à eleição na internet

  • Por Jovem Pan
  • 17/09/2018 06h53 - Atualizado em 17/09/2018 07h21
PixabayO site mostra, em tempo real, as tendências de buscas sobre cada candidato com visualizações interativas

Quando você tem dúvida sobre algum candidato o que costuma fazer? Todos os dias milhares de brasileiros fazem buscas na internet sobre as eleições. As dúvidas vão desde o processo eleitoral em si até as propostas de cada candidato.

Nos últimos dias, uma das perguntas mais feitas no Google, por exemplo, foi: “O que é democracia?”. A partir dessas dúvidas, o site de buscas criou uma página dedicada às eleições brasileiras deste ano no Google Trends, além do projeto “Na busca do Candidato”.

O site mostra, em tempo real, as tendências de buscas sobre cada candidato com visualizações interativas. Também mostra o interesse repentino da população conectada em algum ponto específico sobre a corrida eleitoral. O fenômeno mostra que o atual cenário eleitoral estimula a busca por política na internet.

Para o cientista político e professor do Mackenzie, Roberto Gondo, as diversas formas de se acessar bases de dados ajudam o eleitor na hora da escolha do voto.

Na central de dados do Google Trends é possível visualizar quais candidatos estão gerando o maior volume de busca nos últimos sete dias.

O coordenador do Google News Lab no Brasil, Marco Túlio Pires, explicou que o objetivo da plataforma é entender o interesse das pessoas e promover o debate para um voto mais bem informado.

A partir da plataforma é possível observar o nível de interesse em cada candidato em períodos de tempo específicos e em cada Estado brasileiro, além dos principais termos relacionados, ou seja, as palavras que as pessoas digitam junto com a pesquisa pelo candidato.

Na última semana, o mais procurado no Google foi Jair Bolsonaro. Desde sexta-feira passada, o assunto mais pesquisado junto ao nome do candidato do PSL foi o PL 6055 de 2013. O motivo foi uma onda de comentários sobre o projeto de lei que pretendia revogar “o atendimento obrigatório e integral do SUS a pessoas vítimas de violência sexual”, e teve como coautor o agora presidenciável.

No começo de fevereiro, o tema mais procurado relacionado aos candidatos era educação. Hoje o interesse principal é saúde. Para visualizar todos os dados basta acessar Trends.Google.com.br.

Confira a cobertura completa das Eleições 2018

*Informações da repórter Marcella Lourenzetto