PM é expulsa da corporação no RJ por, mesmo de licença médica, correr maratonas

  • Por Jovem Pan
  • 06/09/2018 06h18
ReproduçãoEla estava afastada de licença médica, mas foi flagrada mais de uma vez participando de maratonas

Policial militar que estava afastada da corporação por licença médica, mas corria em maratonas, é expulsa da corporação. Luciana Amaral de Freitas Sousa, soldado da PM do Rio de Janeiro, foi expulsa nesta semana.

Ela estava afastada de licença médica, mas foi flagrada mais de uma vez participando de maratonas. As imagens ganharam as redes sociais.

Além disso, Luciana aplicou um golpe em colegas de farda. Ela vendia kits de rua para essas competições de corrida, mas recebia o dinheiro e, muitas das vezes, não entregava os kits, tampouco colocava os nomes dos inscritos nas corridas.

Ela registrava as imagens participando de maratonas e as publicava em redes sociais.

De acordo com boletim interno da PM, o comportamento da soldado evidenciou desvio de conduta, que acarretou em sobrecarga de serviço aos demais PMs e causou danos irreparáveis à sociedade e à corporação. De acordo com a Corregedoria, a soldado foi desleal e agiu de má-fé.

*Informações do repórter Rodrigo Viga