PM vai patrulhar estações da CPTM a partir de 2020 como ‘bico oficial’ na folga

  • Por Jovem Pan
  • 16/12/2019 07h15 - Atualizado em 16/12/2019 07h21
Reprodução/FacebookCada policial pode trabalhar até oito horas por dia em dez dias por mês, chegando a 80 horas extras

Policiais militares vão patrulhar as estações da CPTM a partir do ano que vem por meio do chamado “bico oficial” no período de folga. O convênio entre a PM e a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos foi celebrado na última semana.

O programa terá duração de dois anos e será bancado pela empresa pública de transportes com o pagamento da diária especial.

O diretor presidente da CPTM, Pedro Tegon Moro, explica que os policiais militares vão estar em todas as linhas do sistema.

“São 445 vagas para o policiais militares por dia, totalizando cerca de 13 mil ao longo do mês. Eles estarão em todas as estações da CPTM auxiliando no combate ao comércio irregular e contra qualquer tipo de crime que possa ocorrer.”

O comércio ilegal é uma preocupação cada vez maior para a CPTM.

Na última sexta-feira (13), a estação Primavera-Interlagos da linha 9-Esmeralda foi depredada por ambulantes. Segundo a companhia, cerca de v20 pessoas causaram o tumulto depois que um vendedor irregular teve as mercadorias apreendidas.

O coordenador operacional da PM, coronel Marcelo Rabello Vianna, ressalta que a fiscalização fica a cargo dos seguranças da CPTM. “A PM dará apoio para a fiscalização, o trabalho dele será na oferta da segurança pública.”

Cada policial pode trabalhar até oito horas por dia em dez dias por mês. Com isso, ele chega  ao limite de 80 horas extras.

O programa pode ser prorrogado por até cinco anos.

*Com informações do repórter Tiago Muniz