Polícia aguarda exames de DNA para confirmar se corpos em carro são de meninas desaparecidas

  • Por Jovem Pan
  • 17/10/2017 08h16
Hélio Torchi/Estadão ConteúdoAté que todos os laudos fiquem prontos, nenhum dos dois corpos foram liberados para o velório

A Polícia Civil está aguardando o resultado dos exames que vão confirmar se os dois corpos encontrados dentro de um carro na quinta-feira passada são mesmo das crianças desaparecidas no último dia 24.

Apesar de todos os indícios não é possível fazer essa afirmação porque os corpos foram encontrados em estado avançado de decomposição.

Foi o mau cheiro que chamou a atenção dos moradores de São Miguel Paulista, que já estavam procurando pelas duas meninas.

Adryele Mel Severo Porto e Beatriz Moreira dos Santos, ambas com pouco mais de 3 anos de idade, estavam brincando na porta de casa num domingo quando foram vistas pela última vez.

Nem as famílias, nem mesmo a polícia desconfia de alguém que possa ter envolvimento no sumiço delas.

Nesta segunda-feira (16), dois homens foram linchados pelos moradores do bairro por serem suspeitos de ter algum envolvimento no sumiço das crianças.
Eles foram levados ao hospital e depois prestaram queixa como vítimas de agressão.

A polícia não encontrou qualquer indício que os incriminassem. Nenhuma hipótese está sendo descartada nas investigações, nem mesmo a de morte acidental. Mas essa é a menos provável porque por mais que os corpos encontrados dentro da Fiorino sejam mesmo das meninas, dificilmente elas teriam entrado sozinhas no carro.

O laudo preparado pelo Instituto Médico Legal também vai dizer as causas da morte.

Geralmente o IML tem até 30 dias para entregar o resultado, mas nesse caso, a expectativa é que ainda essa semana eles fiquem prontos.

Até que todos os laudos fiquem prontos, nenhum dos dois corpos foram liberados para o velório.

*Informações do repórter Caio Rocha