Polícia Ambiental prende quadrilha de milicianos envolvida em construções irregulares no RJ

  • Por Jovem Pan
  • 26/09/2018 06h47
Arquivo/Agência BrasilOs milicianos participavam da construção de prédios próximos à região do Itanhangá (imagem ilustrativa)

Cerca de 40 milicianos que atuavam na construção de obras irregulares na Zona Oeste do Rio de Janeiro foram presos pela Polícia Ambiental nesta terça-feira (25).

Os milicianos participavam da construção de prédios próximos à região do Itanhangá. Os paramilitares faziam propaganda, apresentavam condições de financiamento e faziam projeções da taxa condominial. As construções eram irregulares, sem autorização da prefeitura, nem a rede de infraestrutura necessária para o futuro funcionamento.

O esgoto, por exemplo, ia ser mandado diretamente nas lagoas da Barra da Tijuca e de Jacarepaguá.

Os apartamentos, provavelmente, também ao teriam registro de imóvel entre outros documentos.

Nesta semana, outras operações contra milicianos foram realizadas pela Polícia do RJ.

*Informações do repórter Rodrigo Viga