Polícia Civil prende criminoso que enviava armas e munições ao PCC

  • Por Jovem Pan
  • 21/02/2019 07h04 - Atualizado em 21/02/2019 07h22
Divulgação/SSP-SPA ação dos policiais é resultado de operação que já dura um ano

A Polícia Civil prendeu um importante integrante do PCC (Primeiro Comando da Capital) durante a operação Protocolo Fantasma nesta quarta-feira (20). Detido em um condomínio de luxo em Mongaguá, no litoral do Estado de São Paulo, o sujeito era responsável por enviar armas e munições a integrantes de facções em todo o país.

A ação dos policiais é resultado de operação que já dura um ano.

Segundo a delegada Leslie Caram Petrus, o preso exercia a função de ponteiro, ou seja, de fornecer as armas e munições as facções: “nós conseguimos deter um dos indivíduos mais importantes do PCC soltos ainda”.

De acordo com a delegada, outras medidas estão sendo adotadas para dificultar e desmantelar a organização.

A operação contou com a participação de 100 policiais civis para o cumprimento de 11 mandados de prisão e nove de busca e apreensão em São Paulo, Paraná, Pernambuco, Tocantins e Mato Grosso do Sul.

*Informações do repórter Victor Moraes