Polícia Civil realiza operação contra pornografia infantil em 12 estados

  • Por Jovem Pan
  • 18/02/2020 08h03
Divulgação/Polícia CivilEm Santa Catarina, a Polícia Civil cumpriu seis mandados de busca e apreensão

Polícias de 12 estados do Brasil e mais quatro países cumprem 12 mandados de busca e apreensão nesta manhã, na 6ª fase da Operação Luz na Infância, deflagrada para combater a pornografia e exploração sexual de crianças e adolescentes.

O Ministério da Justiça e da Segurança Publica está no comando da ação. Caso os agentes encontrem conteúdo armazenado, em distribuição ou em produção, os suspeitos podem ser presos.

Estão nas ruas as polícias de Alagoas, Acre, Ceará, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, São Paulo e Santa Catarina, além de agentes da Colômbia, Estados Unidos, Paraguai e Panamá.

No Brasil, as penas para os crimes variam de 1 a 8 anos de prisão. Quem armazena material contendo pornografia infantil pode ficar preso de 1 a 4 anos; quem compartilha, de 3 a 6 anos; e quem produz, de 4 a 8 anos.

Nas cinco primeiras fases anteriores da operação, 597 pessoas foram presas.