Polícia descobre esquema de desvio de combustíveis em tubulação de refinaria no ABC

  • Por Jovem Pan
  • 11/12/2017 06h08
Divulgação/Polícia CivilA sangria no encanamento foi localizada na noite deste domingo (10) por agentes da Delegacia de Investigações Sobre Crimes Patrimoniais contra Órgãos e Serviços Públicos após investigações

Esquema de furto em duto de refinaria usava caminhão com tanque escondido em baú para transporte do combustível roubado na Grande São Paulo.

O mais recente caso de desvio em tubulação de refinaria de petróleo descoberto pela Polícia Civil ocorria em um duto da Recap, Refinaria de Capuava, localizada no município de Mauá e responsável por 30% do combustível comercializado na região metropolitana.

A sangria no encanamento foi localizada na noite deste domingo (10) por agentes da Delegacia de Investigações Sobre Crimes Patrimoniais contra Órgãos e Serviços Públicos após investigações.

Segundo os policiais do Deic, o ponto onde o duto foi perfurado ficava em uma casa na Avenida Palmares, em uma comunidade de alta densidade demográfica, no município de Santo André, na fronteira com as cidades de São Bernardo do Campo e São Caetano do Sul.

De acordo com os investigadores da Terceira do Patrimônio, para atingir o cano, a quadrilha escavou um poço com três metros de profundidade no imóvel e um túnel com cerca de 100 metros de extensão.

Em seguida, o duto foi perfurado, provavelmente por um técnico no assunto, que instalou uma mangueira com uma válvula. O combustível era então transferido para um tanque, com capacidade para 20 mil litros, que foi oculto no baú de um caminhão para não chamar a atenção de moradores do entorno.

Mesmo assim, vizinhos perceberam que a movimentação intensa e suspeita no imóvel começou há cerca de dois meses. Ao chegar ao local, os agentes detiveram um casal e apreenderam o caminhão-baú-tanque, que, ontem, captava óleo diesel.

Isaque Almeida Santos, de 30 anos, e Jussara Aparecida Ricardo Reis, de 38, moravam no imóvel e informaram que só gerenciavam a extração dos combustíveis.

O veículo era deixado ali por um motorista e retirado depois de completamente carregado.

O delegado Jan Plzak, titular da Terceira do Patrimônio, disse que um dos objetivos da investigação é descobrir os receptadores do combustível furtado, além de identificar o técnico responsável pela violação do duto e instalação do equipamento para desvio.

O casal foi encaminhado à sede do Deic e responderá por furto continuado e associação criminosa.

*Informações do repórter Paulo Édson Fiore