Polícia do RJ indicia por tentativa de feminicídio homem que agrediu paisagista durante quatro horas

  • Por Jovem Pan
  • 26/02/2019 06h38 - Atualizado em 26/02/2019 10h25
Reprodução O que era para ser um encontro tranquilo, foi uma sessão de tortura com brutais agressões do homem contra a paisagista

A Polícia do Rio de Janeiro decidiu indiciar por tentativa de feminicídio o estudante de Direito, Vinicius Serra, que agrediu por quatro horas a empresária Elaine Caparroz durante um encontro na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro.

O que era para ser um encontro tranquilo, foi uma sessão de tortura com brutais agressões do homem contra a paisagista.

Elaine esteve na Delegacia da Barra da Tijuca prestando depoimento nesta segunda-feira (25). Na saída, ela agradeceu a ajuda de funcionários do prédio e da Polícia fluminense, e espera que Vinicius Serra seja devidamente punido. Ela pediu ainda que as mulheres tenham coragem de denunciar seus agressores.

A Polícia do RJ investiga agora se Vinicius agiu por vingança. Elane é mãe de um lutador de Jiu-jitsu e foi casada com um lutador da família Gracie, que já faleceu. A linha de investigação será conduzida paralelamente.

Vinicius Serra permanece preso em Bangu.

*Informações do repórter Rodrigo Viga