Polícia do RJ prende quadrilha que furtava petróleo e derivados de dutos da Petrobras

  • Por Jovem Pan
  • 23/11/2017 06h28 - Atualizado em 23/11/2017 11h43
DivulgaçãoDe acordo com investigações, pelo menos 180 furos nos dutos, conhecidos como bicas, foram feitos por essa quadrilha, que teria desviado 30 milhões de litros de petróleo e derivados

Polícia do Rio de Janeiro prende quadrilha que furtava combustíveis de dutos da Petrobras.

De acordo com investigações, pelo menos 180 furos nos dutos, conhecidos como bicas, foram feitos por essa quadrilha, que teria desviado 30 milhões de litros de petróleo e derivados.

Um dos presos é Gilberto Rivarola Correa, que seria chefe da gangue e foi detido na Ilha do Governador, na Zona Norte da Capital. O irmão dele, Cassiano Rivarola, foi preso em um endereço de luxo, em São Paulo. E o receptador desse combustível desviado foi preso em Goiás.

Segundo o delegado Pablo Sartori, da Polícia Civil do Rio, esse preso em Goiás seria peça fundamental no esquema da quadrilha: “petróleo não é produto de fácil venda no mercado, então tinham uma engenharia”.

Como quase sempre acontece, um PM do Rio também foi preso, acusado de fazer parte do bando especializado em roubos e furtos de petróleo e derivados.

*Informações do repórter Rodrigo Viga